OK, vou ver só mais um episódio. Tenho que acordar cedo amanhã... Por que o acervo dos Estados Unidos é tão melhor que o do Brasil?





             Sobre o duelo recém descoberto e já publicado pelos críticos, colunas e analistas de tv, propaganda e marketing, estamos  arriscando pitaco também.

                   De um lado,  a Rede Globo, o maior canal de televisão aberta do país e de outro a multinacional Netflix. Há um público enorme batendo palmas e vaiando ao mesmo tempo com o controle remoto na mão.

              Ricardo Feltrin e sua equipe no UOL foram atrás dos números da Netflix no Brasil e descobriram que o serviço de streaming de vídeo sob demanda percebe hoje  praticamente a metade do faturamento da TV Globo, isso com menos de oito anos de atuação no Brasil.



       Esse estudo foi feito por dois especialistas, um é até matemático especializado em estatística, e considerou os dados de medição de tráfego na internet da Comscore, referentes ao movimento da Netflix no Brasil: o serviço teve 50,05 milhões de "visitantes únicos” em abril/2019.

               Significa que a plataforma da Netflix foi acessada em pelo menos 50 milhões de dispositivos diferentes, num mês.

        Os analistas entenderam esses 50 milhões de "visitantes únicos” como co-usuários de assinaturas Premium. Dividiram o valor de visualizações por quatro, que é o número máximo de telas nesta categoria.

          Essa análise é ainda bem conservadora, pois sabe-se que nem todo mundo utiliza este plano até o momento.

       Conclusão: somos hoje 12,5 milhões de assinantes da Netflix no Brasil? 

       Levando em consideração que cada uma destas pessoas pagaria em média R$ 30 mensais, o colunista chegou ao valor total mensal de R$ 375 milhões que, por ano, geraria um faturamento de R$ 4,5 bilhões.

        A TV Globo, o maior canal de televisão aberta do país, faturou em 2018 R$ 10,06 bilhões.

      Conclui-se, pelas análises, que, se continuar crescendo assim, em alguns anos a irreverente Netflix poderá alcançar o faturamento da TV Globo.

      Basta assistir os próximos capítulos ou participar das cenas da melhor forma possível.

0 Comentários