Pedro Augusto , que conheci de bem com a vida dirigindo seu taxi em Palmas. Homem católico motivado,que se dedica 24hs por dia à família. um paraibano que se encontrou no Tocantins.


As vezes a insegurança, o medo, o cansaço, a desilusão, os males da alma e da mente batem à nossa porta e chega até a nos desesperar em alguns momentos.


As vezes chegam até a virem em bloco, de montão, um problema atrás do outro, ou, pior, um problema em cima do outro. E ai? Como podemos reagir?


Não se preocupe.


Insista. Persista. Não desista.


Persevere.


Por que? Anote ai Mateus 24:9-13:


“Então sereis entregues a tortura, e vos matarão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome. Nesse tempo muitos hão de se escandalizar, e trair-se uns aos outros, e mutuamente se odiarão. Igualmente hão de surgir muitos falsos profetas, e enganarão a muitos; e, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo.”


Nunca diga ao seu Deus que você tem um grande problema. Mas diga ao problema que você vai fazer tudo que estiver ao seu alcance para vencê-los, mas se eles não criarem juízo de deixarem você por bem você vai gritar para o seu Pai poderoso, vai clamar inclindo na demanda o seu Deus Onipotente, Onipresente e Onisciente.


Não há problema que permaneça se a sua fé for do tamanho de um grão de mostarda para mais.


Quando fala de nos ajudar alguns podem dizer que o Senhor fala aqui sobre os últimos dias. E eles, estão certos.


Mas será que já não estamos vivemos estes últimos dias agora?


E para evitar abrir uma discussão escatológica aqui, ainda mais que este estudo não se trata deste assunto, mesmo que estes não fossem os últimos dias, isto faria com que esta última declaração tivesse menos validade hoje?



Não.


Como Ele diz em Hebreus 10:35-39: “mas quem perseverar até o fim será salvo.”


Exatamente da mesma forma que vimos anteriormente em Hebreus:


“porque nos temos tornado participantes de Cristo, se é que guardamos firme até o fim a nossa confiança inicial; (Hebreus 3:14).

A fé é uma corrida dinâmica numa vida em constante movimento. Mas para alcança-la como se deve e mantê-la como é fundamental,  precisamos ter perseverança.


 Perguntamos:  e aqueles que não perseverarem não apenas um pouco, não até a metade, mas até o final da corrida, serão salvos?


Os outros, aqueles que se desviarem, que não perseverarem, não estarão lá?



O julgamento final é sempre o de Deus.


 Até o pastor ou padre que gritarem decisões pré estabelecidas como juízes no estão deverão ser lembrados que estão revistos do poder de salvar, não de amaldiçoar nem condenar.


Tudo indica estarem esquecidos, com certeza, de que também eles, criados à imagem se semelhança de Deus, estão sujeitos à mesma lei. 


São separados, escolhidos para darem cobertura espiritual, mas o julgamento é de Deus. eles são seres também limitados pela contingência humana e, portanto, se julgarem por antecipação estarão se misturando com os que podem perder a coroa definitiva da salvação e da paz terrena nessa vida onde hoje ser feliz e dialogar com todos também é um forte testemunho.


Para os profetas do absurdo com aquela severidade impiedosa, Jesus deixou em Mateus 7:


1Não julgueis, para que não sejais julgados. 2Pois com o critério com que julgardes, sereis julgados; e com a medida que usardes para medir a outros, igualmente medirão a vós. 3Por que reparas tu o cisco no olho de teu irmão, mas não percebes a viga que está no teu próprio olho? …
Talvez  por isso o autor de Hebreus nos encoraja dessa forma:

 “Não lanceis fora, pois, a vossa confiança, que tem uma grande recompensa. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. Pois ainda em bem pouco tempo aquele que há de vir virá, e não tardará. Mas o meu justo viverá da fé; e se ele recuar, a minha alma não tem prazer nele. Nós, porém, não somos daqueles que recuam para a perdição, mas daqueles que crêem para a conservação da alma.”


Provações, escândalos, provocações, contra testemunhos de quem você menos espera são  sinais de que a sua fé está sendo colocada à prova pela força das circunstâncias.


Desistir é uma palavra digna de  ser excluída do DH daquele que crê em si mesmo, tem convicção da sua fé porque experimentou o poder do seu Deus.


Salve nos arquivos do seu HD mental, emocional e físico a palavra VIDA. Melhor ainda VIDA EM ABUNDÂNCIA, em que tudo vem com facilidade e alegria para a glória de Deus. 

Ai só pode ser algo que traz alegria, vem com salvos no arquivo chamado motivação/ felicidade.


O que pode ser melhor para você?


Como pode ser melhor para nós?


Que olhemos fixamente com os olhos fortalecedores da fé para as dificuldades que surgirem no caminho de cada um de nós.

São apenas degraus inevitáveis na sua ascendência social, moral e principalmente espiritual.

Afinal ele disse em João 14;27:

"Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."


0 Comentários