O ser humano é dotado de inteligência, vontade e liberdade. 


Mas, há décadas e, sobretudo no momento presente, devido ao estilo racional de ser desta moderna sociedade advinda da Grécia antiga, a inteligência parece merecer bem mais valor entre as três dotações naturais humanas, 




                                TIPOS DE INTELIGÊNCIAS: 



                             Abstratas e Concretas.


A inteligência é uma habilidade que pode ser adquirida, conforme algumas linhagens de teóricos considerando que é a faculdade de conhecer, compreender, aprender e apreender.


Eles consideram que a inteligência é a capacidade inata ou adquirida de compreender e resolver novos problemas e conflitos e de adaptar-se a novas situações.



Inteligência tem sido definida popularmente e ao longo da história de muitas formas diferentes, tais como em termos da capacidade de alguém/algo para lógica, abstração, memorização, compreensão, autoconhecimento, comunicação, aprendizado, controle emocional, planejamento e resolução de problemas.




             LIBERDADE COM INTELIGÊNCIA E VONTADE



Podemos definir a liberdade como sendo, via de regra, a condição daquele que é livre; isto é a capacidade humana de agir por si mesmo; autodeterminação; independência; autonomia.


Liberdade significa o direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria vontade/consciência, desde que, prioritariamente não prejudique outra pessoa. 


Trata-se a sensação de estar livre e não depender de ninguém. Liberdade é também um conjunto de idéias liberais e dos direitos de cada cidadão. 


São atos e atitudes capazes de produzir alguma consequência, ao que moral e filosoficamente se classifica de neutras, positivas ou negativas 



                            O HÁBITO DA FORÇA DE VONTADE



A Vontade é a faculdade que tem o ser humano de querer, de fortalecer escolhas, o que inclui livremente praticar ou deixar de praticar certos atos.

A vontade exerce um papel bem considerável na formação do caráter de uma pessoa, pois é ela que faz a personalidade de cada um de nós.


A vontade é a força interior que impulsiona o indivíduo a realizar algo, a atingir seus fins ou desejos; ânimo, determinação, firmeza,


Vontade ou intencionalidade é a capacidade através da qual tomamos posição frente ao que nos aparece. 

Diante de um fato, podemos desejá-lo ou rejeitá-lo. Ante um pensamento, podemos afirmá-lo, negá-lo ou suspender o juízo sobre ele. 


Uma pessoa pode formar seu caráter usando mais a vontade e a liberdade que a inteligência.



Teoria da Imutabilidade do caráter.


La Fontaine: “Afastai o natural, ele voltará a galope”. E diz-se comumente de uma pessoa: “Ele é como é, e ninguém o transformará”.


O Caráter pode ser modificado e corrigido – Nesta matéria, as teorias não significam grande coisa, pois os fatos falam mais alto e nos mostram com evidência que o caráter pode ser modificado pela educação ou pela vontade pessoal.


O temperamento, que está na base do caráter, pode sofrer a influência de um tratamento apropriado.


Caráter é o conjunto das disposições psíquicas que levam o homem a sentir e a reagir de maneira própria e pessoal às impressões externas.



                                       

0 Comentários