Este foi o roteiro que segui na  Quarta Empreendedora de 27 de novembro de 2019 às 9h no Sebrae – Araguaína/TO, onde apresentei  pistas concretas de solução de problemas do empreendedorismo pela ferramenta da Constelação Empresarial como propulsora de sucesso e prosperidade.

                                              Sempre o feito vale mais que o perfeito. 
                                                          
          FORTALECENDO MENTES EMPREENDEDORAS

                             Mais informações sobre o evento:


1.     Introdução: Para fazer bons negócios é preciso cuidar de si mesmo em primeiro lugar: Por que?

a)     Clareia o radar ampliando o leque de visão do empreendedor.

b) Resolve seus dilemas pessoais,  propiciando autoconhecimento e autoestima.

c)     Melhora o convívio com sua família, com a equipe de trabalho e ajuda no desenvolvimento de colaboradores e clientes.

d)     Este conjunto de benefícios faz com que o empreendedor encontre prosperidade com seu projeto de negócio.
e) Ser bem sucedido é uma escolha pessoal.



2.     O que é ser empreendedor nesse contexto? (..........)

Ter isso bem claro na mente e aplicar no dia-a-dia como empreendedores de qualquer porte é um indicativo do sucesso e felicidade que poderão estar sendo criados nas ações do cronograma/investimentos etc.

Empresário é a pessoa proprietária de uma empresa, comércio ou indústria, responsável por dirigir e administrar, com a finalidade primordial de obter benefícios econômicos, ou seja, obter lucros.

O desempenho do empreendimento depende do relacionamento humano, que se desenvolve em 3 princípios básicos:

Hierarquia

Pertencimento

Igualdade/Equilíbrio


4.     Quais os maiores desafios e benefícios de ser um empreendedor ?  (......)

a)     Empreender não é uma tarefa simples, mas os benefícios de um empreendimento compensam todo o esforço dedicado ao negócio.

b)     Entre os maiores desafios que os empreendedores encontram está conseguir oferecer um serviço/produto de qualidade e fazer o gerenciamento de pessoal passando pela motivação dos seus clientes internos/colaboradores, independente do número deles. 

Se o empreendedor conseguir lidar com esses desafios, com certeza terá um negócio de sucesso e o reconhecimento do consumidor/cliente externo.


5.     O empreendedor bem sucedido tem essas 3 coisas:

a)     Está bem resolvido consigo mesmo e com sua família;

b)     Compreende os desejos e dores de sua equipe de colaboradores, o que favorece para o melhor gerenciamento de equipes e permite a liderança natural do empresário como inspiração positiva, ajudando as pessoas que trabalham com ele e para ele;

c)     Sabe entender e se comunicar profundamente com seus clientes, num nível de autoconfiança que favoreça falar e ouvir com competência para encantar o cliente e prosperar.

d)     Compreende estas informações acima dentro de um sistema organizacional (não importa o tamanho da empresa) é essencial para assimilar as informações trazidas pelo processo de planejamento/realização e revisão do empreendimento.

e)     As empresas passam por diversas dificuldades durante sua vida: não crescem , ficam estacionadas, não se desenvolvem, os clientes não são fiéis e outros acabam nem voltando. Funcionários em conflito, ingratos, inescrupulosos, mentirosos, pouco ou muito ambiciosos também é muito comum em empresas desestruturadas, sem motivação, com aparência de fracassada.


6. Proposta de solução: Constelação Corporativa/ Organizacional.

a)     Trata-se da mesma aplicação da Constelação Familiar e Sistêmica de Bert Hellinger adaptada para o mundo dos negócios, da gestão de equipes de trabalho e do relacionamento com clientes.

 Ser constelado ou estudar Constelação pode agregar muito na gestão de negócios, equipes e relações comerciais.



7.     A constelação corporativa funciona como um GPS

a)     Por todos esses motivos, a implantação da Constelação dentro da empresa contribui para que o empresário tenha uma melhor visão da sua própria organização, dos problemas e também dos potenciais que estão parados e, assim, criar soluções.
Os benefícios da Constelação Empresarial/Corporativa/ é muito grande pelos 3 princípios sistêmicos que a fundamentam:


1. A ordem

O primeiro princípio sistêmico é o da ORDEM: dentro de uma empresa é necessário que haja respeito pelo fundador, uma vez que por detrás desta empresa há uma história que envolve pessoas, ideias, esforços, dinheiro, tempo, para que esta se tornasse realidade.

Uma empresa não existe sem o seu fundador e todos aqueles que contribuíram formal ou informalmente para que ela existisse. Então é necessário que essa ordem seja respeitada, para que esta flua e consiga crescer.


2. O pertencimento

O segundo princípio sistêmico é o PERTENCIMENTO: dentro de uma empresa tem que haver lealdade por parte de seus funcionários/clientes internos, pois eles fazem parte da organização. 

Uma violação nesse princípio enfraquece toda a empresa, independente do cargo ocupado por aquele que é excluído ou deixado de lado.

Se na empresa todos trabalham em harmonia e tudo flui na ordem, as pessoas se sentem mais felizes no ambiente de trabalho, apesar das pequenas tensões normais da  vida. É importante também que a empresa reconheça e lembre-se de colaboradores que já passaram por ela, com gratidão.


3. O equilíbrio

Esse equilíbrio é o retorno que os funcionários dão à empresa, proporcional ao valor que a empresa emprega em cada um dos seus funcionários. Novamente as ideias se cruzam, o sistema sempre procurará estabelecer um equilíbrio nos movimentos dentro daquele campo.

Se os objetivos mudarem, a empresa deve ser reinaugurada.
A constelação pode ajudar a empresa a se desenvolver melhor e ter uma liderança claramente voltada para os princípios sistêmicos.

Todas as empresa precisam de uma meta clara e o objetivo social bem definido. Estes objetivos não podem ser abandonados, sob pena de fracasso e problemas de toda natureza.

Em alguns casos, quando uma empresa que foi aberta para oferecer um determinado produto ou serviço deseja mudar radicalmente de área ou de setor, a consultoria sistêmica aconselha que a mesma seja fechada. É preciso que se faça a abertura da nova empresa, devido ao seu objetivo. Assim, ela terá mais chances de sucesso.



8.     Conclusão:

a) O produto final dessa ferramenta é o alargamento dos horizontes para os propósitos e objetivos da empresa e do empresário, superando as crenças limitantes da escassez e fortalecendo crenças na potencialidade  da abundância.

b) Atitudes recomendáveis:
 Se ver e se posicionar como quem ocupa seu  lugar no espaço no tempo;

Aceitar correr mais riscos e topar assumir as consequências;
Ficar na pergunta e se importar menos com as resposta;
Pensar o melhor de si mesmo e dos seus negócios

c) Direcionar o uso da Constelação Corporativa /Empresarial Sistêmica, isto é, a Constelação Familiar para empresas e empresários, levando em consideração os princípios sistêmicos, vai fazer com que os negócios se tornem mais felizes, sustentáveis e lucrativos.

0 Comentários