Hoje a nossa jornada começa bem cedo, embora poucos vejam alguma vantagem e sentido nisso.

Hoje a busca pelas perpectivas do sucesso induzem os pais a colocarem os filhos cada vez mais cedo na escola capitalista, entenda-se aí também a disponibilização de tempo. Ufaaaa!, enfim quem tem uma manhã ou tarde livre?)

 Quem ousa permitir aos filhos passarem um tempo fazendo o que querem? Pelo simples motivo de que são seres que merecem espairecer e brincar?

já que a escola se responsabilizará pela "sociabilização" dos pequenos e pequenas e ainda lhes agregará conhecimento, ilustração, cobiçadas armas para o sucesso.

Coisas incríveis e direito adquirido que, orgulhosamente, exibiremos aos amigos, fmailiares, vizinhos: "Tenho filhos/filhas muito inteligentes e precoces.

A nossa preocupação vira preocupação das crianças e os papés se invertem, inclusive no quesito responsabilidades, obrigações e com isso os sintomas de medo, ansiedade, terror e insegurança.

Tivemos muitas coisas que precisamos repensar no processo educativo, talvez nos falte agora aquele tempo que nós não tivemos para aprender errando dentro de casa. E agora? Continuamos passando para frente o que aprendemos do jeito que aprendemos a poder de angústia e depressão, valorizando o que não está bom em detrimento do que pode ser melhor.

Errar ao lado do papai e da mamãe é muito mais proveitoso, divertido, educativo e inesquecível.

Duvido que você não se lembre de alguma surra, castigo, ou punição de que hoje não dê risadas e conte a lição trazida como ponto alto de seus passos em casa.

A escola já é rua, fora de casa, outro mundo, é social e não familia, embora tenha seu bom lugar.


A escola transfere informações preciosas e necessárias aos nossos filhos/filhas, associada à igreja é uma aliada fundamental para os pais, que


A formação dos filhos e filhas  de  inteira e única responsabilidade dos pais. É um direito e um dever garantido na Bíblia e na Constituição. Inviolável.


Vamos dar a eles/elas o seu bem mais precioso, o que de melhor existir e pudermos alcançar?


Vamos dar muito do nosso amor e do nosso precioso tempo.


Vamos dar aos nossos filhos e filhas o que de melhor  nós carregamos na mente e no coração, sem sobrecarregá-los com o peso do tempo mundano e consumista que vai levando propositalmente o propósito da vida;


Lembremo-nos com espírito resoluto:


"Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre. (2 Corintios 4:18)



Sabe o que faz muitas pessoas ficarem pelo meio do caminho?



Sabe o que faz muitos de nós desanimerem e desistirem?



É a pressa. Inventar para nós mesmos um mundo paralelo. E isso é maléfico.



Planejar, começar e querer que as coisas aconteçam de uma hora para a outra. Existem coisas que você verá acontecer bem rápido, existem semeentess que você vai precisar regar um pouco mais.


Mais do que nunca devemos prestar atenção naquilo que ainda não vemos, ou seja, crer para ver e não ver para crer.


 No futuro, onde queremos chegar? O que escolhemos de realização para nós no fim da jornada?


Não se  desanime se ainda não está onde quer, se tem enfrentado lutas sem fim com a sensação de que quase nada está dando certo.

Eencoraje-se, levante a fronte e siga no caminho pois hoje é certo que você já não está mais lá atrás aonde estava.

Tudo porque evitou o lugar de alguém comodista que se faz de vítima, reclama e não age.

Por isso já basta. Você é um vencedor, uma vencedora e está avançando para o alvo e para o alto!


Leve seus filhos ou filhas junto, ajudando-os a não sentire, tanto medo de tudo nunca. E a não transformarem a vida em família e na escola algo enfadonho e rotineiro.

O que pode ser melhor? Vamos fazer melhor?

Declaremos agora para o nosso bem:

“O desanimo não terá lugar em mim, eu me encho de esperança olhando para o meu futuro!”



0 Comentários