Estudo altamente contributivo em relação ao tratamento da falta de sono como causa da ansiedade eda depressão foi realizado este ano por valiosos cientistas chineses. 

Eles analisaram 23 pessoas com insônia, tanto primária quanto grave, observando e anotando suas reações cerebrais até nos seus pormenores  . 

A equipe constatou que pessoas que sofrem com a falta de sono com frequência tiveram danos nas partes brancas do cérebro, principalmente na área responsável por controlar as emoções. 

Vem daí a conclusão de que a falta de sono a longo prazo pode afetar os níveis de humor e, em casos extremos, pode levar a pessoa à manifestarem estados de depressão e ansiedade.




Como está publicado pela revista científica Radiology, muitos outros estudos ainda precisam ser realizados para analisarem se a insônia é mesmo a causa ou só a consequência dos danos cerebrais.

Enquanto isso não acontece, precisamos procurar meios de como prevenir da melhor maneira ou, quem sabe, até evitar a insônia.

Via de regra, para muitos casos a saída tem sido essas: 

- Mudar sua rotina na hora de dormir pode ser um fator de grande influência. Além de ajudar inclusive os pacientes de insônia crônica;

- Evite consumir alimentos ou consumir bebidas à base de cafeína muito próximo aos horários de dormir;

- Tome cuidado com os medicamentos de uso frequente. Remédios para congestão nasal e até mesmo vitaminas podem ter estimulantes. Na dúvida, consulte seu médico.

- Faça exercícios com frequência, mas não muito próximos a hora de dormir, pois pode ser prejudicial ao sono.

- Realize algumas atividades que ajudem a relaxar antes de dormir, como ouvir música, ler, conversar e ver um filme;

- O leite possui algumas propriedades importantes e que ajudam a relaxar os músculos e induzir o sono. Chás a base de camomila também podem ajudar.

- Para finalizar, só levante da cama depois de 30 minutos acordado. Permanecer deitado com insônia pode aumentar a ansiedade, irritar e gerar ainda mais insônia.

Lembre-se, em casos frequentes de insônia, procure ajuda, tanto médica quanto terapêutica.




                              DEZ DICAS PARA VOCÊ PRESERVAR SEU SONO:



1. Respeitar o horário de ir dormir.
2. Desligar a TV.
3. Ler antes de dormir.
4. Criar um ambiente escuro.
5. Cochilar depois do almoço.
6. Praticar exercícios regularmente.
7. Evitar tomar café depois das 17h.
8. Manter o silêncio.
9. Manter o conforto.
10. Levantar cedo diariamente



0 Comentários