Saia dessa cruel estatística, se é  que me entende.



Muito acreditam que substituir o refrigerante comum pelo diet ou light já é uma excelente escolha.


No entanto as versões diet e light contém uma quantidade maior de sódio, o que, também, acaba não sendo saudável.


É que a maioria das pessoas, devido ao volume de acesso à mercadoria e pela ansiedade da vida moderna, encontra-se dependente do sabor e da sensação momentânea de prazer causado por esse líquido quase envenenado a longo prazo.


Todos que tomam refrigerante precisam se perguntar:


O que acontece com o corpo quando a gente toma refrigerante?


Veja tudo aqui e tome as decisões.


Resumindo: o ideal é trocar o refrigerante por itens ricos em vitaminas, fibras e sais minerais, como:

Água mineral
Água de coco
Sucos naturais.




Vantagem absoluta:




Deixar o refrigerante de lado ajuda a reduzir o risco de diversas doenças e contribui imensamente para o emagrecimento.


Embora seu sabor pareça irresistível, o refrigerante, incluindo bem grandão a Coca Cola, é um dos principais vilões da alimentação por não ter nenhum valor nutricional.


Devido à grande quantidade de açúcar, sódio e diversas substâncias artificiais, a bebida gaseificada traz enormes e variados prejuízos à saúde.


O consumo de refrigerantes leva a uma diminuição do consumo de água e sucos naturais, que são 
fundamentais em uma alimentação equilibrada.


Além disso, a bebida contribui para redução da saciedade, assim a gente sente fome a todo momento e aumenta o consumo de alimentos e com ele o refrigerante que acompanha.


De acordo com Regina Carrijo, nutricionista do Hospital Santa Catarina, Capital Paulista, “o consumo excessivo e a longo prazo dos refrigerante traz resultados preocupantes ao corpo como: aumento de peso, retenção de líquidos, redução da absorção de nutrientes, desconforto abdominal, refluxo e insônia quando a base de cola”.


Deixar de beber refrigerante pode parecer impossível, mas, de médio a longo prazo, o corpo agradece. Veja algumas coisas que podem acontecer com o seu corpo se você cortar de vez o refrigerante da alimentação:





1. Emagrece bastante



O refrigerante é um dos principais colaboradores para a epidemia de obesidade. Isso ocorre porque o refrigerante é uma bebida extremamente calórica e geralmente consumida em grande quantidade, levando ao ganho de peso.


"Por ser uma bebida com alta concentração de açúcar e sal ocorre um aumento na retenção de líquidos. Então, deixar de consumir a bebida contribui para perda de peso", garante a nutricionista.




2. Reduz riscos de disfunção erétil




A disfunção erétil pode ter vários fatores de risco, sendo principalmente causada por doenças cardiovasculares como infarto e derrame.


"O alto teor de sódio e os elevados níveis de açúcar na bebida podem, em última análise, agravar quadros de hipertensão arterial e diabetes. Estas são sabidamente doenças que atacam a função erétil do paciente", afirma o urologista e membro da SBU-RJ, dr Paulo Roberto Salustiano.




3. Reduz riscos de câncer




Segundo Regina Carijo, “considerando que o refrigerante possui em sua formulação sódio, corantes, acidulantes e demais aditivos químicos, especialmente bisfenol, que podem favorecer alterações metabólicas importantes, que pela cronicidade facilitam o surgimento de doenças mais graves, como o câncer, diabetes e cardiovasculares”.




Pesquisa importante no exterior




Um artigo a que tivemos acesso, que relata o estudo da Lund University, na Suécia, revela que o consumo da bebida favorece o surgimento de tipos agressivos de câncer de próstata. Podemos até publicar mais coisas sobre a pesquisa num outro post!


Nesse estudo, comprava-se, de forma científica,  que de fato o refrigerante possui inúmeras substâncias industrializadas artificiais, maléficas ao extremo para o nosso organismo. Entre as mais prejudiciais estão o sódio e o açúcar que contribui para retenção de líquidos e, o que ainda não falamos, para o desenvolvimento de celulites.


"A excessiva quantidade de açúcar desses produtos é capaz de promover na pele um processo chamado glicação, reação química em que uma molécula de açúcar se liga ao colágeno e a decompõe gerando envelhecimento celular e por consequência rugas e flacidez", comenta a dermatologista Kaliandra Caineli.





5. Previne diabetes




Toda vez que a gente deixa de tomar refrigerante é o mesmo que evitar o consumo de aproximadamente 10 colheres de açúcar, que podem causar a redução da ação da insulina, levando ao aumento de glicose no sangue.


"A substituição do refrigerante por suco de frutas naturais acrescenta nutrientes e excluem aditivos e conservantes, além do açúcar. Portanto, uma escolha saudável", afirma a nutricionista de São Paulo.


Outra pesquisa desenvolvida, também na Europa, dessa vez na Inglaterra pelo Imperial College London, 340 ml refrigerante por dia, o equivalente a uma lata, aumenta em 22% o risco de desenvolver diabetes tipo 2.





6. Protege contra problemas de fígado




Os refrigerantes, quando absorvidos no intestino, liberam uma grande quantidade de açúcar, ácido fosfórico e substâncias tóxicas que sobrecarregam o fígado, transformando o açúcar em gordura.


Segundo a nutricionista entrevistada, "há uma substância chamada bisfenol, que, no fígado, possui uma ação tóxica e transforma o açúcar em gordura, que permanece lá depositada, causando problemas importantes e que podem vir a serem crônicos".




7. Reduz incidências de infecção urinária




Embora os refrigerantes tenham água em sua composição, eles acabam por causar desidratação e a redução do fluxo urinário, pode causar maior risco de infecção urinária.


"Não há nenhuma comprovação direta desse efeito através de um grande estudo científico. Mas na dúvida é melhor evitar. Lembrando também que o açúcar presente nessas bebidas são normalmente em grande quantidade e podem agravar um quadro de diabetes que, por si só, já aumenta o risco de infecção urinária", disse o urologista Paulo Salustiano.




8. Previne o envelhecimento precoce



De acordo com a nutricionista clínica Jane Carvalho, o fosfato, substância presente nos refrigerantes, acelera o envelhecimento das células e prejudica as funções renais e musculares. Dessa forma, o fosfato é um dos responsáveis pelo envelhecimento. Portanto a retirada da bebida, pode aumentar o tempo de vida útil das células.



9. Afasta doenças cardíacas



O excesso de sódio nos refrigerantes aumenta em muito o risco de doenças cardiovasculares, como o infarto. Reduzir o consumo de bebidas açucaradas ajuda a diminuir a pressão arterial.


Nos Estados Unidos, especialistas da Harvard School of Public Health aponta que ingerir bebidas açucaradas diariamente, como refrigerantes, podem aumentar o risco de doenças cardíacas em homens.


Para isso, os pesquisadores observaram durante 22 anos 43 mil homens, que tinham idades entre 40 e 75 anos quando o estudo começou.


Ao longo do estudo, foram registrados 3.683 ataques cardíacos. Com base nos relatórios preenchidos pelos participantes, foi possível observar que os homens que bebiam um copo de refrigerante por dia tinham um risco 20% maior de sofrer uma doença cardíaca do que os demais.




10. Previne a osteoporose




A nutricionista Jane Carvalho revela também que o ácido fosfórico contido nos refrigerantes, induz a excreção de cálcio do organismo, que a longo prazo, pode causar deficiência desse nutriente e predispor a osteoporose.


Além disso, como já visto acima, o consumo de refrigerantes compromete na formação dos ossos e dentes em crianças de 2 a 14 anos. Retirar essa bebida, ajuda na prevenção e tratamento da osteoporose.


O que acontece no seu corpo quando você toma refrigerante?


De acordo com a nutricionista Jane Carvalho, tomar refrigerante causa prejuízos ao seu corpo em poucos minutos. Confira:


Primeiros 10 minutos: é como se tivesse ingerido 10 colheres de chá de açúcar

Depois de 20 minutos: O nível de açúcar eleva muito em seu sangue, forçando um acúmulo de insulina no sangue. O fígado responde transformando todo o açúcar que recebe em gordura

Depois de 40 minutos: leva o cálcio, magnésio e zinco para o intestino grosso, aumentando o metabolismo. As altas doses de açúcar e outros adoçantes aumentam a excreção de cálcio na urina

Depois de 60 minutos: as propriedades diuréticas da cafeína entram em ação, eliminado com ela vários nutrientes necessários à sua saúde.





As melhores substituições do refrigerante




Retirar algo da alimentação é uma tarefa nada fácil, mas não impossível com força de vontade e energia corporal equilibrada.


Mas, em se falando de bebidas viciantes com alto teor de açúcar, sabemos que o seu consumo de refrigerantes pode prejudicar nosso organismo, então, para tornar essa missão mais tranquila, é possível fazer algumas substituições no cardápio.

0 Comentários