A depressão é uma das doenças que mais afetam os brasileiros. 




É missão de todos ajudar na luta contra essa verdadeira epidemia de depressão em 3 passos:



O primeiro passo é reconhecer uma pessoa que sofra com a depressão. 




O segundo é oferecer respeito, apoio e compreensão. 





E o terceiro passo é informar todo mudno aos gritos e sem parar que existe cura para esse transtorno emcional e que qualquer um pode vencer a doença, acabando as mentiras e mitos sobre ela.





Todo mundo conhece alguém com depressão ou que já teve a doença. Entre essas pessoas, metade também já conheceu alguém que cometeu suicídio.






São dados alarmantes. Não podemos fechar os olhos para eles. 





Eis uma importante pesquisa com o tema “Depressão, suicídio e tabu no Brasil: um novo olhar sobre a Saúde Mental”, realizada pelo “Instituto IBOPE Conecta”. 






A pesquisa do IBOPE sobre a epidemia de depressão.






A heróica equipe entrevistou 2 mil brasileiros acima de 13 anos de idade residentes em diferentes regiões metropolitanas do País.




Os dados foram encomendados pela Abrata (Associação Brasileira de Familiares, Amigos e Portadores de Transtornos Afetivos) em associação com o CVV (Centro de Valorização da Vida) e a farmacêutica Pfizer.




Aqui no blog há muitos outros posts sobre a depressão, seus sintomas e formas de tratamentos.





Vimos, e já sabemos, portanto, que a doença é considerada o mal do século, atingindo um grande número de brasileiros, que alcança o patamar de 5,8% da população.




Estamos acima da média global (4,4%), segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) – e praticamente todo mundo no Brasil conhece alguém que sofre ou já sofreu com a doença.




Mesmo assim, o assunto ainda é tabu e há inegavelmente muita desinformação a respeito ainda.




Claro que Isso atrapalha quem busca por ajuda ou tratamento. Por isso, nós da Luz da Serra separamos alguns mitos e verdades sobre a depressão para tentar clarear o assunto. E, assim, ajudar quem precisa.




Sabemos já o  que é depressão?





Sabemos sim. E muito bem, aliás.





A medicina define o transtorno da depressão como um transtorno psiquiátrico que pode ser desencadeado por diversos fatores, como carga genética e ambiente onde o indivíduo está inserido; não há um consenso sobre qual deles é predominante. Já a Luz da Serra acredita que o problema vai muito além disso.






Todos nós viemos ao mundo para cumprir uma missão dentro de um propósito de vida. Quando não estamos alinhados com a nossa missão e com o nosso propósito, algumas doenças físicas ou mentais começam a aparecer.





Estar numa realidade de vida com conflitos, dívidas, dúvidas e crises também influencia. Tudo isso gera em qualquer pessoa desequilíbrios de ordem emocional, mental e espiritual. Não fazer o que se ama, abdicar de seus sonhos, rejeitar sua espiritualidade, ignorar sua intuição e deixar de ser você mesmo, também são causas dessa doença, entre outras.






Mirando crenças limitantes sobre depressão





Aquela pesquisa do Ibope citada no inicio mostrou também que metade da população que sofre de depressão tem vergonha de revelar o diagnóstico a familiares e amigos. Isso acontece por causa das falsas crenças em torno da doença.



Esse tipo de pensamento prejudica muito o seu tratamento, causando um bloqueio que impede a pessoa a procurar pela real causa do problema, lidando apenas com seus sintomas.
Nosso principal objetivo com as terapias é buscar a raiz do problema para curá-lo exterminando de dentro da pessoa.


]


Como diz o dr Dráuzio Varella: “Depressão não é frescura”





Quais são os mitos e verdades sobre a depressão?



É vergonhoso assumir que tem depressão: a vergonha de assumir uma doença vem de crenças adquiridas durante a vida.



Muitas pessoas não entendem o que é a depressão de fato e associa a doença a tratamentos mal feitos por pessoas conhecidas que não alcançaram a cura, por exemplo.




Para superar o problema primeiro é preciso encará-lo com firmeza. É preciso assumir as rédeas da própria vida e encarar tudo o que bloqueia.




Você pode mudar esse cenário, não tem motivo nenhum para sentir vergonha. Peça e procure por ajuda.







Depressão é um momento de tristeza:






Muitas pessoas acreditam que não estão com depressão, estão apenas passando por um momento de tristeza.



Contudo, a depressão é uma doença real e associá-la a um problema simples e passageiro não ajuda a solucioná-la.



Verdade que é normal sentir tristeza, mas sentir-se triste por mais de 15 dias não é. Pare por um instante e reavalie a sua vida. Busque o seu propósito de vida. Ao fazer isso, respostas vão começar a surgir e você vai passar a ter forças para encarar os problemas e mudar o que precisa ser mudado.



O medicamento para depressão não funciona.



Como assim não funciona? O que se consegue na vida sem tentar?



O grande problema, hoje amplamente discutido pelas especialidades médicas atinentes ao transtorno, é que dos medicamentos alopáticos receitados por médicos até o presente momento não tem sido muito bem sucedido no combate á causa real da doença.






Juntos somos mais fortes.






Aqui fique claro a importância da intervenção médica e suas orientações seja de que natureza for. A primeira e última palavra no tratamento de distúrbios, patologias, transtornos é do profissional da 
Medicina com CRM regular.




Sendo-nos, mesmo por isso, possível afirmar que, sem ação suplementar,  de nada adiantaria se medicar sem descobrir o que levou um pessoa até cair num quadro de depressão.




Melhor será entender como tudo começou. Além disso, para curar uma depressão é preciso mudar também o estado energético/emocional em que a pessoa se encontra.




Essa mudança pode ser conquistada com o auxílio de alguma técnica terapêutica que atue no campo vibracional do ser, como, por exemplo, as Barras de Access ou Constelação Familiar. Recomendável que essa terapia complementar seja feita com regularidade e consistência.






A depressão não tem cura:






Quem disse?



Não foi o Zebedeu? Nem eu!!!!




A depressão tem cura e bem rápida quando se toca no ponto certo!




É preciso querer assumir com mãos firmes as rédeas da sua vida e fazer as mudanças necessárias para enfrentar de forma nova a sua realidade. Esse é “meio caminho andado na direção da cura”. Sempre aparecem belos exemplos de pessoas que alcançaram a cura.




Peça ajuda e veja isso ir embora mais rápido do que veio.








Depressão vem com a idade e afeta apenas mulheres:







Outro mito enganoso, pois não é verdade.




A depressão não tem idade nem gênero. O que acontece é que, com a idade, o peso de não ter seguido sua missão de vida aumenta, trazendo com ele os problemas e erros cometidos. Mas nunca será tarde para quem, impossibilitado de fazer um novo começo, tente fazer um novo fim dando brilho e cores ao seu propósito de vida.







Falar sobre a depressão faz com que ela piore:





Quem disse?




Tudo depende da frequência na qual você está vibrando. Se você vive falando sobre os seus problemas, irá atrair mais deles, diz a Lei da Atração.



No entanto, não estamos dizendo para você ignorar a doença até ela ir embora. Encare a jornada de tratamento da depressão de frente e sempre projetando na mente um caminho de cura. Assim, vai vibrar nessa sintonia e atrair mais dela.





Quem tem depressão é fraco:





A depressão afeta grande parte da população brasileira e isso não significa que essas pessoas são fracas.





Essa doença vem quando estamos vivendo uma vida sem propósito e, com o ritmo acelerado em que a nossa sociedade está, se perder da sua missão pode acontecer com qualquer um. O importante é buscar estar sempre conectado com a sua essência. O primeiro passo é reconhecer e, então, já pode buscar se reconectar.





A depressão “vai embora” sem tratamento:




Oh mentira deslavada!




Sem tratamento ela não vai embora. Quando alguma doença aparece em nossa vida, significa que estamos fazendo algo de errado com ela. E ela não vai desaparecer sozinha. Precisamos ter consciência do problema para solucioná-lo.




Se alguém da sua família sofrer de depressão, você irá herdar essa genética:




Será mesmo? Não diga!



Existem pessoas predispostas a desenvolver a doença por questões genéticas, talvez sim, talvez não!



Mas, assim como qualquer outra pessoa, é possível preveni-la estando alinhado com a sua essência e a sua verdade. O medo de uma predisposição à doença faz você vibrar nessa sintonia e atrair mais dela. Acredite na sua individualidade e no seu poder pessoal.





Depressão é falta de Deus:






Ai ai ai. Será?



Os dogmas rígidos de dentro para fora da pessoa podem mais facilmente levar à depressão a do que as pessoas imaginam. Eivados de interesses pessoas os locais de religião muito oprimem pessoas e grupos com exigência impossíveis até para suas lideranças.



Creio que a depressão é inimiga de todos e pode afetar inclusive quem acredita em Deus.
Única atitude que evitaria o surgimento de doenças seria se cada um estivesse conectado com o seu propósito de vida, independente da sua religião que segue.






Como ajudar uma pessoa com depressão?







A depressão é uma das doenças que mais afetam os brasileiros. E todo mundo conhece alguém com depressão ou que já teve a doença. Entre essas pessoas, metade também já conheceu alguém que cometeu suicídio.



Esses dados são alarmantes e não podemos fechar os olhos para eles. É nossa missão ajudar na luta contra essa verdadeira epidemia de depressão. O primeiro passo é reconhecer uma pessoa que sofra com a depressão. O segundo é mostrar apoio e compreensão. E o terceiro é disseminar que existe cura para esse problema e que qualquer um pode vencer essa doença, acabando com seus mitos.


0 Comentários