Uma consideração:


"Hoje terei uma conversa com meu marido e vamos decidir o rumo da nossa relação.


Percebo que nossas vibrações estão muito diferentes. Então gostaria de alguns processos pra me acalmar durante a conversa e me trazer clareza sobre qual será a melhor decisão.


Peço também a energia da contribuição para vocês, hoje o dia está bem esquisito para mim. Gratidão"



Então:


Baixe as suas barreiras e a dele.

Tenha um interessante ponto de vista sobre tudo.

Escolha ouvir e receber dele, neste momento honre a opinião dele.

E sinta o que ele está falando não apenas com palavras.

Faça perguntas, ouça mais e fale o quanto menos.

Faça isso mesmo, pois a partir daí seu corpo, percepção e intelecto  terão todas as informações para que voc:e possa escolher o que fazer.

Você conseguirá estar 100 presente, pronta para perguntar ao seu corpo se está relação continuará sendo ainda contribuição para sua vida.




Fique firme na pergunta



Como posso ser realmente contribuição para mim e para ele e tudo que isso envolve nessa conversa de hoje?


O que mais é possível nessa conversa que não estou considerando que se eu considerar será totalmente fácil e glorioso tomar o rumo que se requer?






O que mais é possível para mim que não estou considerando?




Como pode melhorar tudo na minha vida hoje?



Pessoal, vamos a uma conscientização aqui.




Você faz perguntas esperando um resultado?*



Essa forma não cria nada! Se você faz uma conclusão e coloca uma exclamação  não é uma pergunta.



Em todos os lugares, corpos e realidades que eu estou usando a pergunta como conclusão e não permissão para receber o que quer que apareça, que eu estou escolhendo? Vou destruir e descriar agora mesmo?



Eu escolho !!



Quero muito ter e ser consciência sobre o dinheiro e tudo que esteja impedindo isto vamos destruir e descriar agora?



Perceber saber ser e receber tudo que não me atrevo e não ouso nunca perceber, saber, ser e receber o que me daria total clareza e facilidade em (coloque seu  desejo) rodar este processo


0 Comentários