Em todos os lugares que você está escolhendo a contração do seu 

corpo e seu coração, se impedindo, não se permitindo, receber tudo 

o que te aconteceu na infância, na escola, trancando e reverberando 

isso até hoje, nós podemos destruir e descriar por favor?




Qual o valor de se agarrar a essa carga do passado?





Qual prazer inconsciente ela nutre?




- O que essa carga, essa lembrança e essa dor prova para você?



Que a vida é difícil? Que você é esquisita? Que merece ser excluída? Que é incompreendida? Que ninguém quer você por perto?




E tudo o que isso é e representa nós podemos destruir e descriar por favor?




- Qual foi a contribuição que tudo isso foi naquele tempo, que você ainda não está reconhecendo, que se reconhecer, tornará isso leve, e um prazer, para você?



E tudo o que não permite que você perceba é receba isso, nós podemos destruir e descriar por favor?



E tudo o que PERMITE que você perceba e receba isso nós podemos criar e SUSTENTAR por favor?



- O quanto essa dificuldade de aprendizado é significativa para você? O quanto ela é o eixo em torno do qual você criou e definiu sua própria identidade?



"Eu sou assim, uma pessoa com dificuldades"



- Que promessas você está cumprindo ao se colocar e se manter dessa forma nesses anos todos?



- E que maldições? A de que você não merece atenção? Não pode ter atenção? De que você não merece carinho? De que você é mesmo digna de ser abandonada, porque não tem nada de valor pelo qual mereça ser querida, desejada e acolhida?



E tudo o que isso é e  representa, nós podemos destruir e descriar por favor?



- Em todos os lugares, corpos, dimensões, universos, e realidades, 

de todas as vidas holográficas de matrizes de tempo esféricas de 

passados, presentes e futuros, em que você está escolhendo criar, 

honrar e propagar pactos, juras, promessas, vinganças, acertos, 

contratos, dívidas, débitos, acordos, tratados, decretos, leis, magias, 
feitiçarias, rituais, invocações, palavras, pensamentos, sentimentos  

e emoções de auto-invalidação, auto-destruição, auto-diminuição, 

auto-anulação, auto-negação, auto-rejeição, auto-mutilação, auto-

crucificação, como a completa negação de seu corpo e seu SER, e a total afirmação do não-SER, que você está escolhendo, tudo isso, 

vezes um Deuszilhão, você anula, dissipa, revoga, retrata, reclama, 

renuncia, denuncia, destrói e descria, imediatamente, agora e para sempre?



Universo, quantas justificativas, atividades e sobrecarga estou 

gerando em minha vida, que me impeçam de ter tempo para 

realizar tudo que desejo e que se eu realizar, mudará toda minha 

realidade, tudo que impeça que essa criação e potência chegue até 

mim, vamos destruir e descriar por favor!



Quantos contratos estou honrando que não me permitem ter tempo, 

e que eu uso isso para justificar meus esforços, impedindo de ter 

uma vida mais fácil, próspera e leve, tudo que isso é X um 

desilhão, vamos destruir e descriar, reincidir e revogar agora por favor!


0 Comentários