Todos nós almejamos a melhor vida que podemos ter, independente de como esse se apresente individualmente. Nesse caminho, muitas pessoas focam unicamente em objetos, sonhando em ter uma vida de luxos e riquezas. Entenda melhor o que é ambição, se ela é boa e o que traz para nós.

 


O que é a ambição?


Segundo os dicionários, ambição é o desejo de conseguir determinado objeto ou objetivo, almejando o sucesso. 

Ambição é, basicamente, a vontade que temos de ser bem-sucedidos onde quer que a gente se encontre. 

Graças a esse desejo, nos sentimos impulsionados a seguir em frente e desviar de obstáculos.

 Note que esse desejo é um catalisador natural para mudanças programadas. Dadas às suas condições atuais, um indivíduo se sente impelido a fazer determinadas escolhas que o empurrem para frente. 

O objetivo primário é alcançar o próximo estágio, em geral, de gozo. O prazer e estabilidade, ao fim das contas, é o que nos motiva ir além.

 

Através desse desejo de querer mais, saímos de nossa zona de conforto e procuramos o desconhecido. Encontraremos barreiras e desvios, mas certamente também encontraremos formas de lidar com eles. É uma relação entre motivação e ganho. 

Quanto mais ambicioso alguém for, mais longe ele irá, embora alguns extrapolem determinadas normas.

 

Ser ambicioso é ruim, será?


Podemos concluir que depende do indivíduo e das suas motivações. 

A ambição é o gatilho que nos impulsiona a sempre procurar por mais. Idealizamos nossa vida em um cenário diferente desse em que vivemos.

Por da ambição podemos alcançar a estabilidade e felicidade que tanto desejamos.

 

Contudo, muitas pessoas ultrapassam uma barreira ética, por assim dizer, e quebra alguns princípios. Sua ambição vira algo maior, mais impulsivo e mais negativo, se tornando ganância. 

Dessa forma, mesmo que vá ferir alguém na sua jornada, independente da forma, isso não vai importar. Apenas o seu desejo é o que conta.

 Mas calma que esse desejo não é ruim. A ambição ganha um determinado status a depender da índole do indivíduo e como ele a usa. Por exemplo, uma pessoa que começa o seu pequeno negócio ambiciona se tornar um empresário valoroso e de sucesso. Ele pode se valer desse desejo para empregar os esforços que precisa e alcançar o seu objetivo.

 


Ambição X Ganância



Claro, a ambição em excesso, quando ultrapassa uma certa distancia nos direitos e deveres entre nós e os outros, acaba virando ganância. 

Curiosamente, alguns dicionários atribuem para essas palavras um valor de sinônimo. Embora as suas naturezas se assemelhem bastante, as entrelinhas é que acabam por diferenciá-las. 

Porém, resumindo de antemão, a ambição possui um estágio seguro enquanto a ganânia representa o descontrole.

 

Na ganância, há uma cobiça material e aquisitiva quase que incontrolável. Um indivíduo pouco se importa com as ferramentas e pessoas que ele se utiliza para alcançar seus objetivos. Apenas ele importa e apenas ele deve ser saciado, de modo que tudo o favoreça. Como dito no ditado, há um rei na barriga.

 

Podemos facilmente detectar um nível de egoísmo na ganância, algo que a difere em muito da ambição. 

Nela, na ambição, um indivíduo pode até trabalhar para subir, mas não se importa em ajudar quem encontrar pelo caminho. 

Já na ganância, ele se torna o centro de tudo. O mundo deve se ajoelhar às suas vontades e qualquer um que o contrarie é posto de lado.

 


Quais são os contras?


Bom, como é de conhecimento popular, o que difere o veneno do remédio é a dose que é dada. A ambição pode afetar gravemente sua vida se não souber dosá-la e controlá-la. Muita coisa passa a ficar em jogo e bem além de sua carreira ou sonhos. Veja os contras desse desejo fervoroso:

 


Egoísmo


Como mostrado na ganância, uma pessoa pode se tornar facilmente egoísta se for excessivamente ambiciosa. Isso porque apenas ela passa a importar, sendo a razão do mundo funcionar. As necessidades alheias passam a ter pouco valor e tudo o que ela conquistou até o momento não é partilhado.

Assim, devido à sua falta de ética em suas ações, um indivíduo não se importa de se aproveitar da produção alheia. Ele percebe que isso o ajudará a chegar mais rápido onde planeja estar. 

Não existe remorso ou arrependimento, apenas uma sensação arrogante de ser superior.

 


Intolerância



Jamais, em hipótese alguma, ele admite ser contrariado, incluindo por autoridades. Qualquer intervenção em sua escalada é vista como uma ameaça à sua trajetória. Não respeita opiniões, conselhos ou qualquer tipo de sugestão. Algumas mentes são tão tacanhas que se sentem ofendidas quando isso acontece.

 


Quais são os prós dela?



Os exemplos acima acontecem quando extrapolamos o nosso desejo ambicioso ao tentar conseguir algo. A ambição pode ser positiva sim, desde que trabalhada com moderação. Por meio dela, estabelecemos a ponte aos nossos objetivos, possibilitando as nossas realizações. 

Começa por:

 

Motivação

Como temos uma meta clara em nossas mentes, sempre encontramos o gatilho necessário para continuar. Não desistimos tão facilmente porque sabemos tudo o que está em jogo. Nos imaginar numa realidade futura é o que nos permite continuar de pé e lutando por ela.

 

Resiliência


Sempre teremos desafios à nossa frente, mas tudo bem, a vida é assim mesmo. 

Para quem é ambicioso, acaba-se por criar uma proteção contra esses empecilhos. Mesmo que uma adversidade grande surja à sua vista, ele sabe que precisa passar por cima para conseguir o que quer.

 


Mudança


Ao nos tornamos ambiciosos, acabamos criando um gatilho para sair da zona de conforto. Mesmo que muitos não queiram, acabam se acomodando onde estão, gerando os mesmos resultados de sempre. Insatisfeitos com isso, os ambiciosos sempre procuram ir além.

 

A ambição pode ser uma ferramenta de mudanças em nossas vidas, desde que bem trabalhada. Por meio dela, encontramos a motivação que precisamos para ir além sempre que precisamos. Nosso futuro está em jogo e não pouparemos esforços para realizá-lo.

 

Contudo, se atente ao exagero para não passar dos limites. Sonhar em ter uma boa vida é normal, mas ninguém deve servir de escada para isso. 

Devemos contar com o que temos no momento, alcançando tudo por mérito. 

Na boa? Sejamos ambiciosos, mas evitemos a ganância. Pode ser?

 


0 Comentários