“Arlequim está chorando pelo amor da Colombina no meio da multidão...”



O que é alegria? Existe alegria fora de momentos de festas semelhantes ao carnaval? 

Vamos entender alegria como sendo um “estado de grande satisfação”? 

Está no dicionário e é uma definição muito mais próxima do que a alegria deveria ser em nossas vidas, ao contrário do que geralmente pensamos: estar sorrindo atoa, sem parar o dia todo.

Estar alegre é viver em estado de graça, pois é a alegria que justifica os instantes da vida serem renovados um depois do outro.

Pequenas atividades e atitudes podem causar alegria na gente. Os pequenos prazeres do dia a dia liberam substâncias químicas que ativam os mecanismos de alegria e felicidade do nosso cérebro.

A dopamina, por exemplo, é liberada quando nos propomos a fazer algo e cumprimos o objetivo, é como um mecanismo de recompensa.

A endorfina é liberada quando fazemos algo que alivia o nosso estresse e sentimentos de tristeza e de desconforto.

A ocitocina é conhecida como o hormônio do amor, é liberada quando nos relacionamos bem com alguém que amamos e até conosco mesmo.




VEJA SE O SEU FOCO É A FELICIDADE 





 

1 – Saber dizer “não”. 

 

O primeiro passo para viver uma vida distante daquela que gostaríamos de viver é não saber dizer “não”, quando alguém pede algo que não queremos ou podemos dar, mas que aceitamos somente para agradar.

Se coloque em primeiro lugar na sua vida. Não vai causar nenhum problema se você estiver cercado de pessoas que amam você verdadeiramente, porque elas entenderão que você quando está dizendo “não”,  é  para o seu próprio bem.

 


2 – Expressar o que sente.

 


Não acumule sentimentos ruins de tristeza, depressão, ansiedade, estresse e desconforto dentro de si, porque isso pode se explodir como uma bomba-relógio,  que pode causar  estrago enorme.

Procure um bom amigo para conversar e para aconselhar você ou busque fazer terapia para expor tudo aquilo que incomoda você em sua vida. Quando dizemos os nomes dos nossos medos em voz alta, eles normalmente ficam menores e menos assustadores e as pessoas que nos amam nos ajudam a lidar com eles.

 

3 – Agradeça por tudo.

 

Falar sobre gratidão ficou muito comum agora. Esse sentimento é muito importante cultivar como hábito do dia a dia.

Pequenas decepções e tristezas também, quando valorizamos aquilo que já conseguimos conquistar na vida, tudo fica mais brilhante e colorido.

Gratidão talvez nada tenha que ver com espiritualidade. Óbvio que podemos ser gratos a Deus seja lá qual for a crença; mas também podemos ser gratos a nós mesmos por tudo aquilo que conquistamos, à família  ou às pessoas que fazem parte da nossa vida e que tanto nos ajudam.

 

 

4 – As pequenas coisas da vida.

 

Valorizar as pequenas coisas da vida é fundamental se quisermos  ser mais alegres em nossa vida cotidiana.

Sabe aquela coisinha boa que sentimos quando comemos nosso prato preferido, quando matamos a saudade da pessoa amada, quando estamos fazendo a atividade da qual mais gostamos em nossa vida? A gente associa felicidade e alegria a grandes, mas as pequenas coisas da vida também são muito importantes.

 

 

5 – Planejar ações sem exagerar na cobrança pelos resultados.

 

 

Planejar é muito importante para encontrar mais alegria no dia a dia.

Quando planejamos os próximos passos, seguimos pelo caminho mais confiantes de que estamos andando na direção certa. Há grande satisfação após dar cada pequeno passo.

Só tomemos cuidado para não nos cobrarmos demais, porque a vida é imprevisível e o futuro é incontrolável, mas sem exagerar na cobrança.

Em todo planejamento inclua ser feliz de verdade.



6 – Aceitar as coisas como elas são.



Muitas vezes nos culpamos demais, quando a vida apresenta uma coisa ruim ou quando aquilo que estamos esperando demora a acontecer; mas, como explicado no tópico anterior, a vida é cheia de surpresas e o futuro é imprevisível. 

Não ssuma culpas que não lhe cabem nem pegue pesado consigo mesmo, se a vida impuser alguma tristeza em seu caminho. Aceite as coisas como elas são, faça o que for possível no momento e saiba que dias melhores virão.


 

7 – Ser flexível a mudanças.



Viver é se transformar. Mudanças de emprego, de carreira, de rotina, de relacionamentos, amigos que vêm e vão, novas oportunidades e atividades que aparecem: a vida nos apresenta sempre alguma surpresa inesperada pelo caminho. 

Isso nunca é bom nem mal. Depende só de como encaramos.  Imagine se nada mudasse, já pensou? 

Mantenha-se firme, porém flexível às mudanças e se adapte quando elas acontecerem, em vez de querer reclamar ou querer repetir o passado. 

Quando você fica em paz com as mudanças da vida e com as consequências das suas escolhas, fica tudo bem mais leve na vida.

 


8 – Dar espaço à arte. 


 

Quando a realidade é dura demais, sempre podemos recorrer à arte para sentir algum alento na vida. 

Inclua atividades artísticas em seu cotidiano: filmes e séries, livros, exposições, museus, peças de teatro. 

Na arte, entre de corpo, mente, coração e alma! Nada de ficar respondendo mensagens de WhatsApp, MSN, falando ao telefone durante o filme. 

Qual foi a última vez em que você assistiu a um filme em casa sem desgrudar os olhos da tela ou leu ininterruptamente sem responder mensagens? Ah, e por que não produzir um pouquinho de arte também? Cometa um poema, pinte, aprenda a tocar um instrumento musical, escreva crônicas. Enfim, as possibilidades são muitas, e você não precisa se cobrar perfeição, porque estará fazendo por amor, desapegadamente!

 


9 – Amar sem cobrar.

 


Amor que é digno da palavra, sempre é leve e sem cobranças. Não é não?

O sonho de todos é nos  harmonizarmos nos relacionamentos.

Por isso, evitar exagerados sentimentos de posse e de controle do parceiro amoroso e dialogarem muito para que ele  também faça o mesmo, caso esteja num relacionamento.

Inclui dizer que o mesmo vale para amigos, familiares e colegas de trabalho. Se alguém está cobrando ou exigindo demais de alguém, tudo certo esse alguém se afastar para cuidar de si mesmo.  

Afinal, o que torna a vida leve é fazer algo que vale a pena. Estas coisas nunca serão encaradas como difíceis nem duras.

Manter em nossa vida só pessoas que nos amem e nos tragam leveza aos nossos dias, nunca mais peso, insuportáveis discussões, julgamentos, mais dureza  e mais cobrança.

 

 


10 – Estar presente.

 


Viva os momentos em sua inteireza. Esteja intenso presente em cada momento. Afinal "a vida se renova a cada instante".

Saiu com os amigos? 

Largue o celular e curta a presença deles! 

Foi praticar um esporte? Esqueça todos os problemas e se distraia tranquilamente com foco na prática. 

Está praticando um hobby que ama? Aproveite para se desligar do mundo. 

Enfim, não dê ouvidos à ansiedade, às preocupações e aos medos em relação ao futuro, porque ainda estamos no presente; então pegue leve consigo mesmo hoje para que o futuro lhe seja agradável.


0 Comentários